Inbound Marketing para médicos: como criar uma persona • Blog | Ancode Tecnologia

Inbound Marketing para médicos: como criar uma persona

Compartilhe nas Redes Sociais
Leia em: 4 minutos

Para lhe auxiliar na adoção do Inbound Marketing para médicos , fizemos uma série de posts com os principais passos para montar uma estratégia de maneira eficiente, e alavancar os resultados da clínica médica .

Invista no método de divulgação digital para a área da saúde, e fidelize cada vez mais pacientes.
Cópia-de-Grayscale-Building-Surveyors-Google-Header-2 Inbound Marketing para médicos: como criar uma persona

O inbound marketing médico é um conjunto de estratégias que têm como objetivo trazer voluntariamente os pacientes para os canais da clínica médica. Sua maior base é a produção e a divulgação de conteúdo de qualidade, e isso é importante pois quanto mais conteúdo bem-feito e correto sobre saúde na internet, melhor para os pacientes. Afinal, é cada vez mais comum que as pessoas utilizem os mecanismos de pesquisa para solucionar suas dúvidas, e essa é uma ótima estratégia para educar seu paciente, em relação  a cuidados a serem tomados com a saúde.

Outro detalhe importante em Inbound Marketing é que a relação não se resume a apenas visitante e paciente, essa é uma metodologia totalmente orientada a resultados, que busca analisar e otimizar constantemente cada uma das ações realizadas. 

Etapas Inbound Marketing

 As ações do Inbound Marketing são pautadas nas seguintes etapas:

  • atração: traz visitantes para o site e o blog da clínica médica;
  • conversão: o visitante deixa os contatos dele para conhecer seus serviços (quando baixa um e-Book ou preenche um formulário de cadastro, por exemplo);
  • relacionamento: cada vez mais está interessado nos serviços que você presta, o possível paciente passa a interagir com suas postagens no blog e redes sociais;
  •  atendimento: o paciente se desloca até o consultório e realiza uma consulta ou procedimento médico.

Lembre-se: conquistar um novo paciente custa até três vezes mais que manter um atual. Nunca podemos esquecer que os pacientes atuais também podem voltar a se consultar, e para que que isso ocorra, é necessário cativá-lo em cada uma das etapas anteriores. 

Como aplicar o Inbound Marketing na saúde?

O primeiro passo para aplicar o inbound na área da saúde é entender seu público, somente assim conseguirá criar o conteúdo certo para essas pessoas. Um método bastante eficaz de para identificar com quem você está falando e como se comunicar com esta pessoa, é criar uma persona, personagem semi-fictício com as características físicas e emocionais  do seu cliente ideal.

A importância da Persona

Reflita: a escolha da estrutura física da sua clínica ou consultório faz diferença para os seus pacientes? Se você quer atingir um público X, mas sua estrutura não condiz com o que aquele público está acostumado, pode ser um impedimento, não pode? O mesmo princípio se aplica à escolha da localização do consultório e também à escolha do canal que ficará ligado na televisão da sua sala de espera.

Cliente ideal: Este é um conceito que se desenvolveu com o objetivo de entender, dentre os clientes já existentes, quem é aquele com quem é mais fácil trabalhar. Na prática, é um cliente engajado, frequente, que não gera muito esforço por parte da empresa e que gera uma margem de lucro boa.

Diferença entre Persona e Público-alvo

  • Público-alvo: é a determinação de um grupo de pessoas, geralmente grande e abrangente, que pode ter interesse em sua prática médica, ou que de alguma forma é atingido pelos serviços que você oferece. 
  • Persona: você precisa ter clara a definição de quem ele é, quais são seus objetivos, seus problemas, e como ele se relaciona para que possa se sintonizar com ele.

Como construir uma Buyer Persona

Na construção da persona, é preciso colher informações sobre o comportamento e hábitos de alguém que seria seu potencial paciente; como cargo, área de atuação ou salários.

Dados como localização ou classe econômica, também são essenciais para identificar as características dos seus consumidores. E para localizar esses dados, usamos ferramentas como o Google Analytics e pesquisas de público-alvo.

No processo de criação da Persona, é possível criar mais de um perfil de cliente ideal para a criação de campanhas distintas, só evite a criação de muitos perfis, para que não haja confusão no planejamento das estratégias.

Aspectos para definir a persona para o marketing médico

Para montar sua “persona” é importante analisar 4 aspectos: físico, intelectual, psicológico e emocional.

O que cada aspecto representa:

  • Físico: sexo, idade, onde mora, com quem mora, seus possíveis problemas de saúde, relacionados à sua especialidade e hábitos alimentares.
  • Intelectual: cargo, grau de escolaridade, nível salarial.
  • Emocional: seus problemas e suas aspirações.
  • Psicológico: família, hábitos, preferências,objetivos e lazer.

Além disso, informações que podem ser adquiridas em pesquisas e questionários também servem como base para a criação da Persona.

Questões como:
  • O que você faz no trabalho?
  • Qual a frequência que você interage com as redes sociais?
  • Onde você busca informações? (Jornais, revistas, sites ou blogs)
  •  Como encontraram sua clínica?

Esse tipo de pesquisa ajuda a monitorar o comportamento do seu público-alvo  e direcionar melhor o conteúdo da sua clínica médica, veja no exemplo a seguir:

Se uma das suas personas tende a gastar mais tempo no Facebook comparada a outra que prefere e-mail, você vai saber que tipo de conteúdo precisa estar em cada lugar. Os leads (potenciais pacientes, neste caso) que pretende alcançar são mais propensos a reagir ao conteúdo que lhes interessa se o conteúdo é encontrado nos canais que já frequentam.

Até agora, suas personas têm ajudado a identificar o que lhes interessa, quais tópicos de conteúdo preferem, e onde encontrá-los. O que tudo isso significa exatamente? Indica que você vai ser capaz de projetar o marketing médico para as pessoas certas, ou seja, uma oportunidade poderosa para gerar leads com mais qualidade.

Fazer uma conexão pessoal através de e-mail marketing e dirigir suas mensagens de uma forma mais personalizada também permite construir programas de nutrição de leads destinados a diferentes personas e melhorar a qualidade de lead para sua clínica, gerando um fluxo de novos pacientes crescente, ou ainda, fidelizando seus atuais pacientes.

Agora que você entendeu como criar uma Persona, acesse o post Inbound Marketing: construindo a jornada do paciente e entenda como estruturá-la em sua estratégia de Inbound Marketing Médico.